Mulheres Atletas - Igualdade de Gênero Parte I

17:31



As Olimpíadas estão chegando e não é por elas serem no Brasil que quero tocar no assunto. Elas serem no Brasil no atual momento não faz muita diferença pra mim. Quero abordar um outro assunto dentro do tema Olimpíadas. Que é a inclusão da mulher nesse espaço predominante masculino.
Mulheres Atletas igualdade de Gênero Parte I

Quando os Jogos Olímpicos foram oficialmente criados em 1896 em Atenas, eles eram restritos aos homens. Devido a conscientização feminina do seu papel ativo na sociedade industrializada, e  com muitos movimentos sociais voltados para mulheres na época. As mulheres começaram a pressionar o COI (Comité Olímpico Internacional), e com sua nova posição no meio esportivo as mulheres foram inseridas nas olimpíadas, mas eram vistas como intrusas e os homens que controlavam o COI decidiram adotar critérios para que as mulheres participassem dos jogos.

Em 1900 em Paris  as mulheres começaram a participar das Olimpíadas de forma extra- oficial. Durante muitos anos as mulheres continuaram a competir desta maneira, até que em 1917 foi criada da Federação Feminina Esportiva Mundial, que organizou durante muito tempo os Jogos Femininos Mundiais, diante o grande sucesso destes jogos o COI se viu pressionado a inserir as mulheres nos jogos oficiais. 


Primeira Participação Feminina - Olimpíadas 1900 Paris Foto Reprodução Internet

Em 1924 as mulheres estrearam com o salta ornamental, e foi assim até que em 1928 algumas mulheres desmaiaram depois da prova de 800 metros no atletismo e voltaram as especulações que as mulheres eram incapazes de praticar provas físicas. Mas as mulheres continuaram a batalhar por seus lugares nos jogos, e em 1936 elas foram incluídas oficialmente como atletas olímpicas, e a Federação Feminina Esportiva Mundial foi diluída pois conquistou seu objetivo.

Dali pra frente as mulheres foram inseridas gradativamente nas modalidades esportivas e a partir da década de 80 elas começaram a crescer em número e em modalidades que participavam. Os números atuais mostram como presença feminina não parou de crescer.

Com a inserção de algumas modalidades e com a divisão por gênero, a participação das mulheres está cada vez mais contundente. Como um claro exemplo disso, o basquete inserido nas olimpíadas em 1936 só abriu espaço para as mulheres em 1976, o judô também só deixou de ser exclusivo para homens em 1992. O maior marco desta divisão foi a Olimpíada de Londres em 2012 onde as mulheres garantiram seu lugar em todos os esportes participando do Boxe Olímpico. Nos jogos atualmente há 2 modalidades que somente mulheres podem participar que são o nado sincronizado e ginástica artística.

Em relação aos atletas brasileiros, o Brasil teve sua primeira competidora mulher em 1932 representada pela Nadadora Maria Lenk que representou também a primeira mulher Sul-Americana a participar dos jogos. As primeiras medalhas femininas do Brasil foram em Atlanta em 1996, e elas vieram em todas as cores.


Maria Lenk - Foto Reprodução Internet
Em 2012 o número de mulheres referentes aos números de homens quase chegou a paridade com 5 mil atletas mulheres contra 6 mil atletas homens. As Olimpíadas de 2016 pode ser a primeira com equidade total de gênero na distribuição de medalhas.

A equidade de gênero nos Esportes e nas Olimpíadas é fundamental para o combate da discriminação de gênero na sociedade. Para que o mundo possa vencer o machismo na sociedade todas as formas de se promover a igualdade entre os gêneros são de suma importância. Dar oportunidades a todos de forma igual sem distinção de sexo é algo que deve ser galgado dia após dia. E essas conquistas não são somente para o atual momento, elas são importantes para as próximas gerações, homens, mulheres e outros grupos sociais.

Espero que tenham gostado, e que cada dia mais possamos ocupar igualmente os espaços na sociedade. 


Fonte: SporTV
               ESPN
              MDEMULHER
              ESTADÃO
              FOLHA UOL
              EFEDEPORTES
              UOL ESPORTES

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DE

0 comentários

SUBSCRIBE NEWSLETTER

Get an email of every new post! We'll never share your address.

INSTAGRAM @dannymendes10

Blog Archive